DesignDecoração

Decor infantil: quarto compartilhado!

Em 06.07.2017 • Por Renatha Dudeque

Montar um quarto compartilhado pode ser um grande desafio, especialmente quando se trata de um menino e uma menina ou quando os pequenos já estão cheios de opinião própria. Porém, dividir o quarto com o irmãozinho (a) pode ter muitos benefícios, como: aprender a respeitar o espaço do outro e a conviver com diferenças (seja de hábitos, gostos ou personalidades), além de essa ser uma oportunidade para fortalecer o vínculo entre eles. Para os papais a economia também pode ser uma vantagem, já que será preciso montar somente um quarto.

quarto compartilhadoquarto compartilhado

quarto compartilhadoquarto compartilhado

Dependendo da idade dos seus filhotes, pode ser muito bacana fazer com que participem de todo o processo, desde a escolha da cor das paredes até outros detalhes da decoração. Essa etapa pode ser bem importante para criarem certa identidade e para aprenderem a exercitar a paciência, tolerância e flexibilidade para lidar com opiniões diversas. Seguindo esse raciocínio, também é interessante que o quarto não tenha qualquer divisão, e que tudo seja compartilhado – assim, desde cedo eles aprenderão a dividir.

Se no seu caso se tratar de um menino e uma menina, escolha uma decoração neutra. As cores podem ser usadas nos acessórios como enfeites, roupa de cama, tapetes ou quadros. Para um espaço limitado, os beliches podem ser ótimas alternativas – inclusive, hoje tem muitas opções no mercado e ideias na internet, com certeza você encontrará um modelo perfeito para os seus pequenos.

Confira as imagens que buscamos para te inspirar:

quarto compartilhado

quarto compartilhado

quarto compartilhado

quarto compartilhado

Espia só os produtos que separamos para os seus filhotes:

Vitrine

Créditos imagens:
Imagem 1, 2 e 3 – apartmenttherapy.com
Imagem 4 – best friends for frosting
Imagem 5 – Bloesemdesign.com
Imagem 6 e 7 – Tok Stok
Imagem 8 – ukparenting.tumblr.com

escrito por:
Renatha Dudeque
Compartilhe
Comente via facebook
Escreva seu comentário